La versión de su navegador no está debidamente actualizada. Le recomendamos actualizarla a la versión más reciente.

GENERAL MENACHO

Monumento ao General MenachoMonumento ao General Menacho

Nasceu em Cádiz, a 22 de maio de 1766. Aos 18 anos, ingressou como cadete no regimento da Victoria. O vínculo de Menacho com a Extremadura, e Badajoz, dá-se durante a Guerra da Independência. Esteve presente na batalha de Medellín (28 de março de 1809) e nas operações de Mérida (na qual foi baleado na coxa esquerda), Mesas de Ibor, Feria e Jerez de los Caballeros. Depois destas operações, recebeu ordens para apresentar-se em Badajoz, onde comandaria o seu regimento, entrando na cidade pacense, pela madrugada do dia 10 de março de 1810. 

Durante o assédio francês a Badajoz, Menacho organizou, com energia e heroísmo, a defesa da cidade. A 4 de março de 1811, enquanto comandava, desde o Baluarte de Santiago, uma investida contra as baterias francesas, foi morto ao ser atingido por uma bala de canhão no ventre. Após a morte de Menacho, José Imaz foi o escolhido para organizar a defesa de Badajoz, porém este optou por capitular perante os franceses.

Menacho foi enterrado no panteão de canónicos da catedral, no entanto, em 1880, exumaram-se os seus restos, sendo os mesmos trasladados para o claustro da catedral, onde atualmente se encontra o seu panteão. 

Em 1892, decidiu-se erguer um monumento ao General Rafael Menacho y Tutlló. Com a colaboração do exército, município, entidades e cidadãos, levantou-se um monumento em sua honra no Baluarte de Santiago, a 2 de maio de 1893, e, para além disso, também se atribuiu o nome Menacho à rua que conduz ao mesmo, tal como à base militar de Badajoz, a qual igualmente tem o nome deste emblemático general.

O desenho do mesmo ficou a cargo de Julio Carande Galán, e foi realizado pelos escultores de mármore Antonio Zoido e Antonio Almendros. Trata-se de uma coluna sobre um pedestal de oito metros de altura, esculpida em mármore português, italiano e de Alconera, estando a mesma rodeada por quatro leões de mármore. No pedestal da coluna, podem-se ver cenas militares alusivas à sua figura histórica.